Estudo sobre a Estampagem Têxtil – parte 4

Nesta 4ª e última lição vamos falar sobre uma das categorias mais usuais e na qual se enquadram um conjunto de técnicas que embora muito distintas entre si têm em comum o facto de serem aplicadas a quente.


Termo Adesivos / Impressão Digital

(Thermo films / Digital Printing)

É um método de impressão indireto que é considerado por alguns como o patinho feio da impressão têxtil mas sem razão objetiva porque a qualidade é consideravelmente boa, não tem limite de cores e os custos de produção podem ser muito reduzidos.

Este é um processo também muito popular que se enquadra numa única grande categoria dos termo-soldáveis e, salientamos, que dever-se-á incluir neste setor o papel de transfere a laser, jato de tinta, o transfere serigráfico e a impressão em solventes em vinil têxtil, etc.

Alguns, no ramo da impressão, chamam transfere digital à impressão em vinil têxtil ao passo que outros chamam o mesmo nome aos papéis de transfere, no entanto, existe esta grande categoria dos termos adesivos que queremos evidenciar e distinguir para melhor discernimento.

Como método de impressão auxiliar ou de produção de grande quantidade é fundamental para empresas de várias dimensões tirarem partido de este segmento de mercado que está em crescimento.

Uma das grandes vantagens é o custo, seja na produção de uma unidade ou grandes quantidades o custo é sempre o mesmo.

A técnica consiste em imprimir, com o recurso a uma impressora de grande formato em solventes, uma impressora laser ou ainda a jato de tinta, num papel ou filme que contém uma película de polímero onde a tinta ou o toner adere e que em seguida é transferida usando uma prensa térmica que o funde ao têxtil através de pressão e calor.

Atualmente, existem no mercado uma nova geração de papéis de transfere laser que nem precisa de recortar com plotter de corte, este facto, foi durante anos o grande obstáculo do transfere digital a laser.

O transfere serigráfico recorre ao uso das mesmas técnicas e tintas de serigrafia e o resultado é fabuloso.

 

Vinil Têxtil de Corte

(Die Cut Thermofilm / Die Cut Thermo-adhesive)

Incluído na categoria dos termo adesivos, o vinil têxtil de corte na verdade não é propriamente uma técnica de impressão por si mas trata-se de um processo de estampagem por termo transferência cujo o objetivo é criar figuras, formas, silhuetas e letras com o auxílio de uma plotter de corte e sem impressão que depois são fundidos ao têxtil através de pressão e calor.

Este vinil é composto por polímeros termoplásticos em alguns casos por PVC e nas novas gerações deste material por um polímero chamado Poliuretano (PU) mais macio, aborrachado e maleável.

O efeito é ótimo e permanente como também a sua durabilidade.

 

Vinil Têxtil com Impressão Digital em Solventes

(Digital Printing Thermofilm)

Este é em tudo um processo semelhante ao vinil têxtil de corte mas preparado para receber impressão digital em solventes e eco-solventes através de uma plotter de impressão de grande formato.

Os desenhos têm de ser recortados antes de ser fundidos ao têxtil através de uma prensa térmica. O resultado final é espantoso com uma definição soberba. Quanto à durabilidade temos a assinalar que é muito boa.

 

Papel de transfer

Dentro da categoria dos termo adesivos chamamos a sua atenção para o processo de impressão de transfer a laser que é, de todos o que existem, aquele que tem menores custos de produção e o resultado pode ser extraordinário.

Os novos avanços nesta tecnologia com uma aparecimento de uma nova geração de papéis com auto-recorte, tanto em têxteis de cor escura como claras, vieram dar novas perspectivas a quem quer produzir t-shirts com pouco investimento inicial e um retorno bastante interessante.

 

Pontos fortes:

– Boa relação preço/qualidade

– Boa resistência às lavagens com referência à impressão a solventes e também ao papel laser

– Dependendo da técnica o custo de produção pode ser bem reduzido

 

Ponto fracos:

– Dependendo do material poderá dar algum volume ou grossura ao têxtil

– No transfere a jato de tinta a durabilidade é bem mais reduzida

 

Recomendado para:

– Produção de unidade a unidade

– Trabalhos urgentes

– Uso como maquete ou para produção em larga escala

– Pode aplicar-se numa panóplia tremenda de suportes (algodão, poliester, nylon, jeans, cabedal, etc)


Siga o nosso estudo completo aqui:

>> Estudo sobre a estampagem têxtil – Introdução – parte 1

>> Estudo sobre a estampagem têxtil – Serigrafia – parte 2

>> Estudo sobre a estampagem têxtil – Impressão Direta – parte 3

>> Estudo sobre a estampagem têxtil – Termo Adesivos – parte 4

Related Posts

Comments